Bancos de montadoras alongam financiamento

Depois da guerra de promoções que levou à redução dos juros para compra de veículos, os bancos dasmontadoras estão competindo agora para oferecer planos de financiamento com prazos maislongos e entradas menores. "O cliente vem preferindo uma entrada menor para continuar capitalizado, aproveitando o bommomento para a compra financiada", observou o diretor executivo da Associação Nacional dasEmpresas Financeiras das Montadoras (Anef), José Romélio Brasil Ribeiro. "Há uma tendência dealongamento dos prazos e redução do valor da entrada", confirmou o primeiro vice-presidenteda Anef, Flávio Croppo, diretor do Banco Fiat. De acordo com os executivos, a taxa média praticada no mercado deve continuar em torno de1,88%, levando os bancos a utilizar novos instrumentos de promoção. "Não há mais muito espaço para a redução das taxas de juros", justificou Ribeiro. Com isso, o prazo médio dos financiamentos feitos pelos bancos das montadoras, que era de 26,9 meses no final do ano passado, aumentou para 29 meses em média no primeiro bimestre de 2001. No fim de 99, o parcelamento médio era de 24,4 meses.Algumas instituições estão oferecendo planos de 60 meses, entre elas o Banco Fiat, informouCroppo. Segundo a Anef, a maioria dos clientes prefere dar uma entrada média de 20% do preçodo carro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.