finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bancos do Brasil avançam entre os mais lucrativos

Bradesco, BB, Itaú, Unibanco e Santander estão entre as 20 instituições financeiras da AL e dos EUA que tiveram maiores lucros no 3º trimestre

Márcia De Chiara, O Estadao de S.Paulo

18 de novembro de 2008 | 00h00

Cinco bancos brasileiros - Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Unibanco e Santander - estão no ranking das 20 instituições financeiras de capital aberto da América Latina e Estados Unidos que registraram os maiores lucros no terceiro trimestre deste ano, aponta um estudo Economática. Em igual período de 2007, quatro instituições brasileiras constavam nessa lista (Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Unibanco).De acordo com o estudo, o banco americano Wells Fargo encabeça o ranking, com um lucro de US$ 1,637 bilhão, seguido pelo BankAmerica, também dos EUA, com resultado de US$ 1,177 bilhão. O Bradesco ocupa neste ano a terceira posição no rol dos maiores lucros e o primeiro lugar entre os bancos brasileiros, com resultado líquido de US$ 997,9 milhões, seguido pelo Banco do Brasil, com US$ 975,3 milhões, e o Itaú (US$ 965,2 milhões). A operação do Santander no Brasil, que não aparecia no ranking dos vinte maiores lucros no ano passado, ocupa hoje a 16ª posição.O gerente de Relações Institucionais da Economática, Einar Rivero, observa que os quatro bancos brasileiros que constavam no ranking do terceiro trimestre de 2007 tiveram uma significativa ascensão na lista deste ano. O Bradesco e o Banco do Brasil, por exemplo, estavam na 10ª e na 12ª posição em 2007, respectivamente. "O avanço dos bancos brasileiros no ranking dos maiores lucros entre as instituições da América Latina e dos EUA se deve ao grande buraco registrado pelos bancos americanos no terceiro trimestre."O estudo aponta que, dos 11 bancos americanos listados no ranking, 10 tiveram queda no lucro durante o terceiro trimestre em relação ao mesmo período de 2007, o que reflete a crise financeira internacional. O Wells Fargo e o BankAmerica, por exemplo, líder e vice-líder da lista de lucratividade, tiveram quedas de 28,3% e de 68,2% nos resultados em dólar ante 2007, respectivamente.Entre os cinco bancos brasileiros, três tiveram avanços nos lucros do terceiro trimestre na comparação anual. O maior crescimento foi do Santander, com resultado positivo de US$ 259,5 milhões e crescimento de 38,4%. O lucro do Banco do Brasil foi de US$ 975,3 milhões e aumentou 31,5% em relação ao terceiro trimestre de 2007. O Bradesco teve um acréscimo de apenas 1,4% na lucratividade. Já o Itaú e o Unibanco, as duas instituições que acabam de se unir, tiveram quedas de 26,9% e 43,6%, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.