Bancos e corretoras estimam queda no volume de vendas da Ambev no 2º tri

As vendas em volume da fabricante de bebidas Ambev deverão apresentar queda neste segundo trimestre ante o mesmo período do ano passado. E o que deve puxar esse resultado será a comercialização de cervejas no Brasil. De acordo com seis bancos e corretoras consultados pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, as vendas consolidadas, em volume, podem cair quase 2%. E só a venda de cerveja, no Brasil, deve recuar até 3%. Segundo especialistas, esse movimento é justificado pela inflação alta e pelo aumento do preço das bebidas. Entretanto, a receita líquida consolidada, pelo mesmo motivo, deve avançar. Os analistas aguardam uma cifra de R$ 7,3 bi no 2º tri.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.