Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bancos europeus ainda precisam de aumento de capital--analistas

Muitos bancos europeus ainda precisam de aumento substancial de capital e entre eles estão Allied Irish Banks, Société Générale, Credit Agricole and UniCredit, disseram analistas do Dresdner Kleinwort. O analista Arturo De Frias disse que França, Espanha, Itália e Irlanda ainda não montaram planos de recaptalização de bancos e acrescentou que nações poderão adotar novas idéias sobre recaptalização após a reunião do G20 deste final de semana, em Washington. O grupo das 20 maiores economias do mundo fará uma reunião neste final de semana, promovida pelo presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, para discutir o combate a turbulência financeira e temores de recessão. "Pensamos que o todo o setor precisa resolver o problema de capital antes de seguir em frente", escreveu Frias em comunicado a clientes. O analista disse que é fortemente recomendado que se tenha cautela no sistema bancário europeu, após as ações do Intesa Sanpaolo terem caído quase 17 por cento depois da instituição ter cancelado dividendos. Frias disse que espera que o Standard Chartered anuncie crescimento aumento de capital de entre 2 bilhões e 3 bilhões de libras nas próximas semanas e acrescento uque o BBVA também poderá fazer um aumento de 2 bilhões a 3 bilhões de euros. O analista disse que as principais áreas de preocupação no setor são os bancos franceses e o UniCredit, ao notar que esses bancos têm déficit de capital entre 5 bilhões e 8 bilhões de euros.

REUTERS

12 de novembro de 2008 | 09h20

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSEUROPAANALISTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.