Bancos financiam despesas de início de ano

Vários bancos estão oferecendo linha de crédito especial direcionada para o pagamento de despesas que se acumulam no início de ano com escola (materiais e matrícula), o carro (IPVA, DPVAT- seguro obrigatório e multas vencidas) e a casa (o IPTU). Como a idéia na formatação dessas linhas de crédito é que o consumidor está sem dinheiro para fazer frente a essas despesas - já que está endividado com carnês e com cartão de crédito após o Natal -, a maioria das instituições dá uma carência para o vencimento da primeira parcela. Entre os bancos, a primeira parcela está vencendo de 45 dias a 90 dias após a contratação do crédito.Os prazos máximos para esses financiamentos estão entre 12 e 48 meses. As taxas de juros variam de 2,85% a 4,5% ao mês, mas chegam a 6,95% quando o interessado não é cliente. Ser cliente, aliás, é condição exigida em todos os bancos pesquisados, exceto na Nossa Caixa, caso em que o pagamento da dívida por não clientes é feito com cheque pré-datado.Antes, porém, de optar por esse financiamento, é preciso analisar as condições com cautela. A primeira orientação é que, se tiver aplicação em caderneta ou fundos de investimento de renda fixa, o consumidor deve fazer o saque para quitar esses compromissos à vista, condição em que muitas vezes há desconto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.