Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bancos gregos anunciam perdas recordes após troca de bônus

Perdas combinadas superam os € 24 bilhões e são resultado do programa de reestruturação da dívida grega

Roberto Carlos dos Santos, da Agência Estado,

20 de abril de 2012 | 17h32

ATENAS - Os quatro maiores bancos da Grécia, que juntos controlam cerca de 80% dos ativos do sistema bancário do país, informaram prejuízos recordes no 4º trimestre de 2011. As perdas combinadas superam os € 24 bilhões e são resultado do programa de reestruturação da enorme dívida grega, cuja maior parte foi finalizada em março. O programa forçou instituições financeiras a buscar ajuda estatal para se recapitalizar.

Ao anunciarem seus resultados, National Bank of Greece (NBG), EFG Eurobank Ergasias , Alpha Bank e Piraeus Bank informaram ter recorrido a € 18 bilhões do fundo especial da Grécia para recapitalização de bancos.

O NBG divulgou que sua baixa contábil após a participação no programa de bônus grego foi de € 9,4 bilhões no 4º trimestre. Dessa forma, a instituição teve um prejuízo de € 11 bilhões nos três meses finalizados em dezembro passado - ante lucro de € 147 milhões registrado no mesmo período de 2011.

O Eurobank, por sua vez, informou uma baixa contábil de € 4,6 bilhões dentro do programa de reestruturação. Com isso, suas perdas no 4º trimestre totalizaram € 4,93 bilhões.

No seu balanço, o Alpha Bank anunciou uma baixa contábil de € 3,22 bilhões com o programa de troca de bônus nos três últimos meses do ano passado. A instituição teve um prejuízo líquido de € 3,24 bilhões no 4º trimestre - em comparação ao lucro de € 10,1 milhões anotado no mesmo intervalo de 2010.

O Piraeus Bank, por fim, informou uma baixa contábil de € 5,9 bilhões em 2011 e um prejuízo de € 6,3 bilhões no ano passado. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaBancosDívidaCriseEuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.