Bancos impulsionam mercado europeu para alta de mais de 2%

O principal índice de ações européiasfechou em alta nesta quinta-feira, depois que as projeçõessólidas da Nokia e o resultado surpreendentemente vigoroso doJP Morgan dispararam uma sessão de recuperação nas ações dosetor bancário. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300subiu 2,68 por cento, para 1.145 pontos. Foi a maior altadiária desde 1o de abril. Mesmo assim, analistas e estrategistas têm dúvidas sobre sea alta deste pregão marca uma virada significativa do mercado. "Os bancos caíram tanto recentemente que você precisaimaginar se eles já não passaram do ponto", disse BernardMcAlinden, estrategista do NCB Stockbrokers, em Dublin. O UBS subiu 7,9 por cento, o Deutsche Bank avançou 7,1 porcento e o BNP Paribas teve alta de 6,1 por cento. Fora do setorbancário, as ações da Nokia subiram quase 8 por cento. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 2,63por cento, a 5.286 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 1,88 por cento, para6.271 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 2,76 por cento, para 4.225pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 1,84 porcento, a 21.308 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou ganho de 3,14 porcento, para 11.642 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 3,5 porcento, para 8.408 pontos. (Reportagem de Patrizia Kokot)

REUTERS

17 de julho de 2008 | 12h58

Mais conteúdo sobre:
BOLSAEUROPAFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.