Bancos japoneses não têm capital suficiente, diz BC

O presidente do Banco Central do Japão, Masaru Hayami, disse na manhã desta terça-feira em Tóquio que, embora a injeção de fundos públicos não seja necessária agora, isso poderá ser necessário no futuro, pois os bancos poderão enfrentar insuficiência de capital quando eles acelerarem o despejo de seus créditos podres. "Eu não penso que o governo precisa injetar fundos públicos nos bancos agora. Mas há a possibilidade de que o capital dos bancos venha a cair como resultado do despejo dos créditos podres", disse Hayami, em entrevista para a rede de tevê japonesa NHK.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.