Bancos públicos lideram oferta de crédito, diz Maciel

O chefe do departamento econômico do Banco Central, Tulio Maciel, informou nesta quinta-feira que os bancos públicos continuam liderando a concessão de crédito. No ano até julho, esse grupo de instituições registrou crescimento de 12,3%, atingindo R$ 992 bilhões. Já o aumento da oferta de crédito dos bancos privados nacionais no mesmo período avançou 3,4%, para R$ 821,9 bilhões, e o dos privados estrangeiros, 5,2%, para R$ 369,7 bilhões.

CÉLIA FROUFE E EDUARDO CUCOLO, Agencia Estado

30 de agosto de 2012 | 12h42

"Sem dúvida, a concessão tem sido mais acentuada nos bancos públicos", disse Maciel. Segundo ele, uma das explicações para esse movimento é o aumento do crédito habitacional. Como a Caixa é umas das instituições mais expressivas nesse segmento, há influência no resultado.

O montante das concessões inclui a participação do BNDES, mas o chefe do departamento disse que o banco de desenvolvimento não acompanhou esse crescimento tão forte. Outro ponto que puxa os públicos é a elevação da oferta de crédito consignado. O Banco do Brasil tem grande participação nesse segmento.

Maciel minimizou a queda de 0,1% na concessão de crédito dos bancos privados domésticos de junho para julho. De acordo ele, o resultado foi puxado por movimentos pontuais, como a queda da oferta para o setor agrícola, de 1,2%, que é sazonal. "Não sei se é tendência. É um mês apenas. Certamente vai se reverter nos próximos meses", previu.

Tudo o que sabemos sobre:
BCcréditojulhobancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.