Bancos puxam alta do índice após 3 quedas seguidas

O principal índice das ações europeias reverteu nesta quinta-feira o ciclo de baixa dos últimos três dias, influenciado pela recuperação dos bancos após perdas recentes.

REUTERS

10 de dezembro de 2009 | 15h30

O índice das principais ações da Europa, FTSEurofirst 300, teve fechamento positivo de 0,98 por cento, em 1.004 pontos, após ter perdido 3 por cento nas três sessões anteriores.

As ações de bancos foram as que mais se valorizaram, com HSBC, Barclays, Royal Bank of Scotland, Lloyds Banking Group, Credit Agricole e UBS entre os destaques.

Os papéis das mineradoras pesaram para baixo no índice europeu, com queda de Rio Tinto, Xstrata, Lonmin e Antofagasta.

"Nós ainda não estamos de volta à zona de segurança. É encorajador que (o índice) esteja subindo mas nós precisamos ultrapassar alguns níveis fundamentais", disse Geoff Wilkinson, chefe de pesquisa de investimento da Mint Securities em Londres.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em altade 0,78 por cento, a 5.244 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,08 por cento, para 5.709 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,09 por cento, para 3.798 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,67 por cento, para 22.385 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 0,46 por cento, para 11.594 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,78 por cento, para 8.122 pontos.

(Reportagem de Dominic Lau)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.