Bancos rebatem acusação do BNDES

O presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Gabriel Jorge Ferreira, negou hoje que os bancos estejam cobrandos juros altos na intermediação dos empréstimos concedidos pelo BNDES. Segundo ele, os bancos apenas competem pelos clientes nos empréstimos do BNDES.Ele fez a afirmação ao comentar a crítica do presidente do BNDES, Carlos Lessa, de que os bancos estariam fazendo "exigências adicionais" aos clientes com o dinheiro do banco estatal. O presidente da Febraban afirmou não saber o significado da expressão "exigências adicionais".Ele disse que "qualquer exigência adicional não se insere em uma relação saudável entre o banco e o cliente e é preciso deixar o mercado funcionar". Para Ferreira, os bancos têm preocupação quando repassem os recursos do BNDES para oferecer um atendimento o mais equilibrado possível, pois têm interesse em manter o cliente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.