Bancos são campeões em reclamações trabalhistas

Quatro bancos são os campeões de ações em tramitação no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira pelo TST, Banco do Brasil, Itaú, Santander Meridional e Caixa Econômica Federal (CEF) são as empresas com o maior número de processos. Entre os 12 primeiros colocados na lista elaborada pelo tribunal, sete são instituições financeiras - além das líderes do ranking, estão Unibanco, ABN Amro Real e Bradesco. Juntos, os bancos respondem por quase um quinto dos processos, informou o TST."As instituições financeiras sempre tiveram um número muito grande de processos, desproporcional a outras áreas econômicas, e agora esse problema foi agravado principalmente em decorrência de alguns bancos terem sucedido outros nas demandas trabalhistas", comentou o presidente do TST, ministro Vantuil Abdala.Também foi detectado um aumento do porcentual de demandas envolvendo as instituições financeiras. Neste ano, o índice é de 19,25% do total. Em 2003, ele era de 13,5%. Abdala disse que, ao divulgar a lista das empresas com mais ações no tribunal, tem a intenção de estimular a busca de soluções para que elas repensem suas estratégias jurídicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.