Bancos sobem com expectativas de bons balanços

Os bancos apresentam expressivas altas na Bovespa, com expectativa de balanços fortes no terceiro trimestre, na esteira do Banespa. Os bons ganhos de hoje devem-se também a uma recuperação de preço, já que os papéis caíram muito nos últimos meses. O Banespa divulgou anteontem lucro líquido de R$ 2,323 bilhões nos nove primeiros meses do ano, com aumento de 404,47% frente ao mesmo intervalo de 2001.O Banespa tem pouca liquidez, mas os papéis subiram refletindo o resultado. As ações dispararam ontem. A analista Catarina Pedrosa, da BBV Corretora, disse que ninguém esperava resultados enormes para o setor bancário no terceiro trimestre e que as projeções eram de números parecidos aos do trimestre anterior. "O lucro do Banespa trouxe expectativa de resultados maiores do que os esperados", afirmou.O Bradesco, próximo banco a divulgar o balanço, era há pouco a maior alta do Ibovespa. O banco deve divulgar as contas do terceiro trimestre amanhã cedo, antes da abertura da Bolsa. Mas os outros papéis do setor também subiaram bem, como Itaú PN, Unibanco PN e Banco do Brasil ON.O analista Mauro Mazzaro, da corretora Planner, concorda que o lucro do Banespa criou uma ambiente favorável aos papéis do setor. No entanto, ele destacou que nunca houve expectativa de que os bancos divulgassem balanços ruins. "Só não se esperava números excepcionais."As quedas do risco País e do dólar também contribuem para a valorização do setor bancário na Bolsa, de acordo com os analistas. Catarina Pedrosa disse que o recuo da moeda norte-americana diminui o risco de "default" na dívida pública. Grandes carregadores de títulos do governo, os bancos sofreram muito nos últimos meses com os temores do mercado em relação a um possível calote. O recuo do risco Brasil também mostra maior confiança dos investidores externos no País, o que também é bom para as instituições financeiras. O risco Brasil caía nesta tarde 102 pontos-base, para 1.797 pontos.Mazzaro afirmou que a Bolsa tem hoje um clima de otimismo, o que acaba puxando os papéis descontados. "Os bancos estão tirando um pouco do atraso para se ajustarem à nova realidade do mercado, mais tranqüila."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.