finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bancos terão novas regras

Bancos de todo o mundo terão de seguir novas regras para poder operar e demonstrar que contam com capital suficiente para resistir a choques. Ontem, o Banco de Compensações Internacionais (BIS, o banco central dos bancos centrais) anunciou estratégia de regulação com critérios para garantir melhor saúde das instituições. O objetivo é evitar que novo colapso do sistema financeiro. Analistas e governos apontaram que parte da crise teria sido gerada pela falta de regulação das atividades dos bancos.A principal medida será a exigência de que cada banco tenha volume de capital maior à disposição para evitar quebras, como ocorreram nos últimos dois meses. Diante da crise, bancos na Alemanha, França, Holanda, Bélgica, Estados Unidos e Islândia não resistiram e governos tiveram de intervir.Novas medidas de supervisão também serão adotadas pelo Comitê da Basiléia do BIS, que fortalecerá as formas de monitorar as práticas dos bancos e os riscos de cada instituição. "O principal objetivo da estratégia é fortalecer o colchão de capital dos bancos e monitorar suas atividades", disse Nout Wellink, presidente do Comitê da Basiléia."Nosso objetivo é o de garantir que o setor de bancos sirva a seu tradicional papel de absorver choques do sistema financeiro, e não o de ampliar o risco entre esse setor financeiro e a economia real", afirmou.

Jamil Chade, O Estadao de S.Paulo

21 de novembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.