Bancos voltam a pedir a Meirelles redução dos compulsórios

O presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Gabriel Jorge Ferreira, voltou a pedir ao presidente do BC, Henrique Meirelles, a redução dos depósitos compulsórios que os bancos têm de fazer junto ao BC. Ele aproveitou a reunião entre as centrais sindicais e o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, para reforçar o pedido a Meirelles, que participava do encontro, encerrado há pouco. Na reunião, foi discutida a criação de uma modalidade de crédito que permitiria aos bancos descontar diretamente da folha de salário das empresas empréstimos concedidos aos trabalhadores. O presidente da Febraban disse que Meirelles nada falou sobre atendimento ou não ao pedido. "Eu apenas mencionei e ele só ouviu", disse Gabriel Jorge Ferreira.

Agencia Estado,

03 Julho 2003 | 13h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.