Banespa: 30 mil já aderiram a compra ações

A adesão ao programa de compra de ações do Banespa com 50% de desconto já ocorreu até ontem por parte de 30.900 dos 37.271 banespianos. Os funcionários têm até amanhã para garantir o direito de comprar as ações com 50% de desconto. A União garantir aos funcionários da ativa e aposentados do Banespa a compra de um lote de 1.248.000 ações ordinárias (ON, com direito a voto), o que equivale a 3,33% do capital do banco. Os papéis estão sendo ofertados ao preço de R$ 2.612,50 (10 lotes de 3.348 ações). O controlador é obrigado a recomprar essas mesmas ações ao preço de R$ 5.515,16, a partir de 25 de junho de 2001. O funcionário tem a opção de comprar o papel com desconto de 50% e tem ainda a garantia de que haverá um comprador para o papel depois de sete meses.Funcionário tem direito a dez lotesCada funcionário tem o direito de comprar até dez lotes de ações ou até 33.480 ações, e a compra poderá ser feita com recursos próprios ou por meio de financiamento oferecido pelo próprio Banespa. Os que adquirirem com seus recursos próprios poderão ficar com os papéis pelo prazo que considerar conveniente, os que aceitarem o financiamento devem comprometer-se a revender os papéis ao banco em 25 de junho de 2001O financiamento do Banespa consiste em liberar, no dia 22 de dezembro, um total de até R$ 5.060,07 (compra de lote máximo de 33.480) a cada comprador. Desse total, o banespiano terá de pagar R$ 2.612,50 à União. Os R$ 2.408,80 restantes poderão ser embolsados imediatamente pelo comprador desde que se comprometa a entregar os papéis em 25 de junho de 2001, mediante quitação automática do financiamento. Na prática, o funcionário não vai desembolsar nenhum dinheiro, e terá um crédito automático de R$ 2.408,80, no dia 22 de dezembro. O comprador terá direito a receber, em 25 de junho de 2001 a variação do IGPD-I no período de 22 de dezembro de 2000 e 25 de junho de 2001

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.