Banespa altera condições de crédito habitacional

Quem adquirir um financiamento imobiliário pelo Banespa, a partir de agora, terá as prestações determinadas pelo Sistema de Amortização Constante (SAC). Antes, o banco trabalhava com a Tabela Price. Por essa tabela, a parcela inicial é menor, mas vai crescendo de acordo com a correção da Taxa Referencial (TR). Já pelo SAC, a parcela inicial é maior, mas há possibilidade de o mutuário pagar prestações menores ao longo doperíodo, principalmente se a inflação se mantiver baixa.O chefe do Departamento de Crédito Imobiliário e Poupança do Banespa, Carlos Eduardo de Oliveira, explica que essa medida foi tomada para acompanhar o mercado. Isso porque, como não há um mecanismo claro de reajuste salarial, pela tabela Price, o mutuário que não pode fazer amortização da dívida durante o período do financiamento tem mais chance de ter dificuldades de fazer pagamentos no longo prazo. A instituição alterou também o valor mínimo de financiamento para R$ 15 mil. Antes, esse valor era de R$ 26.100,00. Mas, nesse caso, o prazo máximo de financiamento é de cinco anos e a prestação não pode comprometer mais de 20% da renda. Para financiamentos entre R$ 26.100,00 e R$ 200 mil, o prazo máximo de financiamento subiu de 12 para 15 anos e a comprovação de renda deve ser de 25%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.