Banespa: todos acionaistas podem aderiar à oferta

A superintendente geral da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Ana Maria França, explicou que todos os acionistas do Banespa vão poder participar da oferta pública que será feita pelo Banco Santander Central Hispano (BSCH). Quem teve suas ações do banco desviadas na corretora Marlin terá suas reivindicações analisadas separadamente pela autarquia para que não seja prejudicado com a operação. Comenta-se no mercado que a maior parte dos papéis desviados por funcionários da corretora foi de ações do Banespa, instituição que foi vendida para o espanhol Santader em novembro do ano passado. Pelas regras atuais, os clientes da Marlin vão receber do fundo de garantia da Bovespa o valor das ações corrigidas desde o ato da compra. Se no final, esse valor for inferior ao que seria obtido caso o acionista participasse da oferta pública, a CVM vai estudar a possibilidade de indenizá-lo.

Agencia Estado,

19 de março de 2001 | 17h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.