finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Banespa:decisão será tomada através de plebiscito

A Cabesp (Caixa Beneficente dos Funcionários do Banespa) planeja fazer um plebiscito para decidir sobre a adesão à oferta pública de compra de ações do Banespa feita pelo Santander. Neste sábado, a entidade de assistência médica do Banespa apresentou a proposta do Santander em encontro de aposentados, mas não chegou a fazer um questionamento oficial. Na sexta-feira, a Cabesp já tinha discutido a oferta com seus associados e representantes de sindicatos e associações ligadas ao banco. "A forma ideal de perguntar aos funcionários se eles querem vender as ações é por meio de um plebiscito, mas ainda não sabemos como fazê-lo", disse Antonio Carlos Conquista, diretor administrativo da Cabesp. Ele afirmou que a entidade deve retomar em fevereiro os encontros regionais e transformá-los em fóruns de discussão sobre o Banespa. O primeiro fórum deverá ocorrer em Franca e o segundo, em Barretos, de acordo com Conquista. O diretor administrativo reiterou que a Cabesp é contra a venda das ações, mas disse que a entidade não pode ficar com papéis sem liquidez. "Estaremos atentos a todas as etapas do processo", disse.

Agencia Estado,

24 de janeiro de 2001 | 15h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.