Bank of America ressarcirá perdas de fundos

O Bank of America avisou, em comunicado, que compensará os investidores dos fundos de investimento Bank of America High Yield FIF, Bank of America Dinâmico FIF e Bank of America Moderado FIF em parte das perdas sofridas em julho deste ano. A empresa tomou essa decisão levando em consideração a situação extraordinária de mercado e as perdas impostas aos fundos mencionados.A Bank of America S.A. Corretora de Câmbio e Valores Mobiliários ressaltou que os detalhes para a compensação serão enviados em 15 dias aos cotistas. Esse tempo será utilizado para que seja finalizada a metodologia de cálculo do valor da compensação.O banco enviou carta aos seus investidores informando que, durante o mês de julho, o desempenho desses fundos foi prejudicado pela conjuntura do mercado financeiro brasileiro, caracterizada por baixo volume de negócios e crescimento das oscilações, o que afetou as operações conduzidas por diversos agentes de mercado, inclusive os fundos de investimento. A carta foi assinada pelo diretor do banco, José Lamy.O banco informou também que esses três fundos continuam a atuar nos mercado e que e que ainda é possível verificar sua performance passada.Cotistas enviaram representação à CVMO Bank of America antecipou-se a uma representação que um grupo de cotistas havia enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), reclamando de perdas de até 25% do patrimônio de suas aplicações no mercado de derivativos. Comentava-se no mercado que o prejuízo desses investidores giraria em torno de R$ 100 milhões.O advogado escolhido para a causa foi Francisco da Costa e Silva, ex-presidente da CVM. Ele alegou que o Bank of America não respeitou os limites de perdas dos fundos e que as perdas poderiam configurar gestão temerária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.