Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Barclays anuncia baixa contábil de US$ 3,19 bilhões

O banco britânico Barclays anunciou hoje queda de 3,4% nos lucros em 2007, enquanto elevou o total de baixas contábeis provocadas pela crise de crédito de 1,3 bilhão de libras esterlinas para 1,64 bilhão de libras (US$ 3,195 bilhões).O terceiro maior grupo bancário do Reino Unido em capitalização de mercado informou que obteve lucro líquido de 4,42 bilhões de libras (US$ 8,6 bilhões) em 2007, comparado ao de 4,57 bilhões de libras apurado no ano anterior.O lucro antes de impostos - que é acompanhado de perto pelo mercado - apresentou queda de 0,8% no ano passado, de 7,14 bilhões de libras em 2006 para 7,08 bilhões de libras. O desempenho, porém, superou a média das estimativas dos analistas, que previam um ganho de 6,99 bilhões de libras.A divisão de banco de investimentos da instituição, a Barclays Capital, registrou uma baixa contábil de 1,64 bilhão de libras, resultado das turbulências no mercado global de crédito. No final de outubro, essas perdas eram estimadas em 1,3 bilhão de libras.Reunidos, os ajustes no valor contábil dos ativos do grupo cresceram 30%, para 2,8 bilhões de libras. O montante inclui baixas contábeis relacionadas ao mercado de crédito, provisões para perdas com empréstimos e perdas com cartões de crédito.Nos últimos 12 meses, as ações do Barclays caíram 41%, apresentando desempenho abaixo do índice de bancos Dow Jones STOXX 600, que recuou 34% no período. Pelo fechamento de ontem, a capitalização de mercado da instituição chega a 30,2 bilhões de libras. As informações são da Dow Jones.

FABIANA HOLTZ, Agencia Estado

19 de fevereiro de 2008 | 08h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.