Barclays tem oferta de contingência para comprar ABN

Segundo o Financial Times, banco quer substituir ações ofertadas por dinheiro

Agencia Estado

14 de junho de 2007 | 16h49

O banco Barclays elaborou um plano de contingência para reestruturar sua oferta de compra do ABN Amro caso seja forçado a entrar numa acirrada disputa pelo grupo financeiro holandês com o consórcio liderado pelo Royal Bank of Scotland (RBS), informou nesta quarta-feira, 13, o Financial Times. Segundo o diário britânico, o Barclays planeja reduzir o número de ações que emitiria para o ABN Amro. Elas seriam substituídas por dinheiro."O banco britânico reconhece que, a menos que as disputas legais o favoreçam, vai precisar melhorar sua oferta de 65 bilhões de euros se pretende superar o consórcio liderado pelo RBS", disse o FT. "Mas está ciente dos alertas de seus acionistas para que não eleve o preço de sua oferta."O Barclays não deve tomar uma decisão final sobre a reestruturação de sua oferta até que fique claro se o consórcio poderá levar adiante sua proposta rival de 71 bilhões de euros pelo ABN Amro. Essa proposta depende de um acordo do consórcio, que inclui também o Santander e o Fortis, em torno da disputa com o Bank of America sobre o controle da unidade do ABN Amro nos Estados Unidos, o banco La Salle.

Mais conteúdo sobre:
BarclaysABNoferta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.