Barclays vai cortar mais 2.100 empregos no Reino Unido

Na terça, o banco anunciou outros dois mil cortes de emprego em unidades de gestão de investimentos

Reuters,

14 de janeiro de 2009 | 12h42

O banco britânico Barclays informou que está cortando mais postos de trabalho no Reino Unido nas operações de banco de varejo e comercial. Uma fonte próxima do assunto informou que o volume de novas reduções é de 2.100 empregos.  Veja também:   Desemprego, a terceira fase da crise financeira global De olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  "O Barclays continuamente avalia suas operações e recursos para que funcionem de maneira eficiente de acordo com as necessidades dos clientes. Nas atuais condições do mercado, isso é particularmente importante", informou a instituição em comunicado.  Na terça-feira, o banco anunciou cortes de 2.100 empregos em unidades de gestão de investimentos, além dos 400 postos em departamentos de tecnologia no Reino Unido divulgados na semana passada.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraBancosBarclays

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.