Barral: governo analisará salvaguarda argentina a TVs

O secretário de comércio exterior, Welber Barral, afirmou que a decisão da Argentina de renovar a medida de salvaguarda aplicada há quatro anos sobre as exportações de televisores fabricados na Zona Franca de Manaus deverá ser analisada na próxima reunião da Comissão de Monitoramente do comércio Brasil-Argentina, marcada para fevereiro em Buenos Aires. Até lá, o governo brasileiro deverá analisar as condições sobre as quais a salvaguarda foi renovada e sua adequação às regras de comercio mundial. Barral entretanto disse que essa questão é apenas um ponto de uma longa pauta do comércio bilateral. Ele lembrou que o comércio do Brasil com Argentina alcançou cerca de US$ 25 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.