Barreiras afetam 609 produtos brasileiros

Segundo a consultoria Abeceb, 609 produtos brasileiros sofrem atualmente alguma espécie de complicação para entrar na Argentina. Os cálculos da consultoria sustentam que as barreiras argentinas afetam 14,8% das exportações brasileiras para o mercado argentino. Os cinco principais produtos afetados pelas medidas são os tratores (cujas vendas ao mercado argentino em 2008 foram de US$ 220 milhões), autopeças (US$ 207,2 milhões), colheitadeiras (US$ 185,6 milhões), pneus (US$ 150,8 milhões) e calçados (US$ 107,6 milhões). Rumores no setor empresarial indicam que nos próximos dias o governo, a pedido das indústrias têxteis, poderia aplicar medidas adicionais para restringir a entrada de produtos brasileiros da área.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.