bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Basf amplia demissões para unidades de aditivos e pigmentos

A Basf, maior fabricante mundial de produtos químicos, vai eliminar 500 empregos até 2015 em unidades como as de aditivos plásticos e de pigmentos para driblar a concorrência de baixo custo da Ásia.

Reuters

23 de abril de 2013 | 08h18

As unidades da empresa na região da Basileia sofrerão o maior impacto da reestruturação, com 350 cortes previstos, informou a companhia nesta terça-feira. Os negócios de químicos para água, couro e setor têxtil também serão afetados.

A Basf está buscando se expandir em produtos químicos altamente especializados e de altas margens, apoiada em recentes aquisições de empresas de suplementos nutricionais e de defensivos agrícolas.

O grupo não informou quanto pretende economizar com as demissões, que foram anunciadas em meio a um programa de reestruturação em andamento que prevê elevar o lucro para 1 bilhão de euros até o fim de 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASBASFRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.