Basf e Copesul não estão interessadas na Copene

Representantes da Basf e da Copesul divulgaram comunicado reafirmando o desinteresse em participar do leilão de venda de controle da Copene, mesmo com as novas regras de divulgação, por exemplo, do preço mínimo pelo BC. José Vieira da Cunha, assessor de comunicação da Copesul, afirma que a decisão do Conselho de Administração da Copesul é no sentido "de não participar do leilão". O único comprador interessado no momento é o grupo Ultra, apesar dos esforços do BC de conseguir novos participantes para valorizar o preço a ser obtido pelos vendedores no leilão. Ontem, o presidente da Dow Química do Brasil, José Eduardo Senise, informou que não é prioridade de sua companhia participar do leilão, uma vez que a empresa está se dedicando à integração com a Union Carbide.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.