BB: 17,7% das ações terão venda pulverizada

O diretor de produtos estruturados do BNDES, Eduardo Gentil, anunciou há pouco que o governo vai realizar a venda pulverizada de 17,7% das ações ordinárias do Banco do Brasil. Segundo ele, esse limite foi fixado em reunião do Conselho Nacional de Desestatização (CND), para atingir os 25% de ações necessárias para ingresso do BB no novo mercado de ações da Bovespa.Segundo Gentil, o governo espera arrecadar R$ 1,4 bilhão com a venda deste lote de ações, considerando uma cotação entre R$ 10,00 e R$ 11,00 por lote. Serão vendidas 131,480 bilhões de ações.O CND limitou em R$ 500 milhões o valor de recursos do FGTS a serem utilizados na aquisição de ações do Banco do Brasil. O governo, no entanto, concederá desconto de 5% para aquisições feitas em dinheiro com pagamento à vista, segundo Eduardo Gentil. Ele disse que a venda deverá ser feita até o fim deste ano, mas que o cronograma somente deverá ser concluído na próxima semana.Os limites individuais de venda serão de R$ 300,00 no mínimo e R$ 100 mil no máximo. Gentil considerou a venda "emblemática para o mercado de capitais brasileiro", porque o BB será a primeira grande empresa a ingressar no novo mercado. Ainda segundo Gentil, as ações ofertadas deverão vir da União e do BNDES.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.