Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

BB anuncia acordo com Odontoprev para venda de planos odontológicos

Trata-se do terceiro anúncio recente de associação envolvendo BB e Bradesco

Agência Estado e Reuters,

19 de agosto de 2010 | 07h31

O Banco do Brasil informa que, dando continuidade ao processo de reorganização societária da sua área de seguros, previdência complementar aberta e capitalização, fechou nesta quinta-feira, 19, por meio da BB Seguros um memorando de entendimentos com a Odontoprev, e suas controladoras Bradesco Seguros e ZNT Empreendimentos, Comércio e Participações, com o objetivo de formar aliança estratégica para o desenvolvimento e comercialização de produtos do ramo odontológico.

A parceria prevê a criação da BB Dental, empresa com participação de 75% do capital total (49,99% do capital votante e 100% do preferencial) da BB Seguros e de 25% do capital total (50,01% do capital votante) da OdontoPrev. Segundo o vice-presidente de novos negócios do BB, Paulo Rogério Caffarelli, com a formação dessa empresa, o BB sai da área de planos de saúde e se foca na área odontológica.

A parceria anunciada nesta quinta-feira prevê a criação de uma holding pelo BB, Bradesco e ZNT Participações. Essa empresa terá 54,3% da Odontoprev. Por intermédio dessa empresa, o BB terá participação indireta de 10% no capital social da Odontoprev. Essa fatia que pode ser aumentada, segundo Caffarelli.

A entrada do BB na Odontoprev vai reduzir a participação dos acionistas na empresa em 7,5%. Com isso, o free float também será reduzido nesse porcentual. Uma emissão de ações da Odontoprev, equivalente a 7,5% do capital da companhia pode ser feita, segundo Caffarrelli.

Os produtos serão vendidos na rede de agências do BB e o alvo é a classe C e D. Os planos devem ter custo mensal na casa dos R$ 9,90.

Segundo informam as empresas, esses estudos contemplam a disponibilização em caráter de exclusividade dos canais de distribuição do BB para a venda dos produtos do ramo odontológico provenientes da parceria pelo prazo de 10 anos, e a contratação de planos odontológicos aos colaboradores e dependentes do Banco do Brasil.

Terceira associação entre BB e Bradesco

Trata-se do terceiro anúncio recente de associação envolvendo BB e Bradesco, este último que perdeu a liderança no ranking de bancos privados brasileiros após a união que deu origem ao Itaú Unibanco, no final de 2008.

Na semana passada, os dois bancos revelaram parceria para investimento na África junto com o português Banco Espírito Santo (BES) e a entrada da Caixa na empresa que comandará a gestão da bandeira de cartões Elo, formada por BB e Bradesco em abril deste ano.

O Bradesco ingressou no capital da Odontoprev em outubro do ano passado, assumindo 43,5% da empresa e compartilhando o controle da companhia com seu fundador e presidente. A Bradesco Dental foi incorporada pela Odontoprev e, em troca, o banco recebeu ações da companhia.

O comunicado do BB não indica diretamente qual será a participação do banco público na Odontoprev após a conclusão da aliança.

Na segunda-feira, em entrevista coletiva para anúncio dos resultados do trimestre, o BB informou que estudava entrar no segmento de planos odontológicos. Isso poderia ocorrer via compra de participação ou associação com alguma empresa do setor.

A efetivação da operação está sujeita à realização de estudos técnicos, jurídicos, financeiros, e a cumprimento das formalidades legais e regulatórias. A OdontoPrev tem 23 anos de atuação, atende cerca de 4,4 milhões de pessoas e sua rede possui 25 mil credenciados no Brasil.

Ações em alta

Nesta semana, até o fechamento de quarta-feira, as ações da Odontoprev acumulam valorização de 12,4%.

Na terça-feira, em esclarecimento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acerca da oscilação e do aumento do volume de negócios com suas ações nos últimos pregões, a Odontoprev informou que estava "participando de processos competitivos" para expandir seus negócios.

Texto atualizado às 13h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.