Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

BB aumenta lucro em 42,8% e retoma liderança em ativos

O Banco do Brasil fechou o segundo trimestre com lucro líquido de 2,348 bilhões de reais, um crescimento de 42,8 por cento ante lucro de 1,644 bilhão de reais em igual período de 2008.

REUTERS

13 de agosto de 2009 | 07h56

No final de junho, a carteira de crédito do banco estatal somava 252,485 bilhões de reais, o que representa um avanço de 32,8 por cento ante os 190,082 bilhões de reais no final do primeiro semestre do ano passado.

O banco encerrou o primeiro semestre com 598,839 bilhões de reais em ativos totais, um incremento de 43,9 por cento sobre os 416,052 bilhões de reais em igual período de 2008, o que o levou a retomar a liderança do setor bancário no país.

O Itaú Unibanco, que havia assumido a liderança ao emergir de uma fusão em novembro de 2008, reportou na terça-feira que seus ativos no final do primeiro semestre somavam 596,38 bilhões de reais.

O lucro recorrente do BB entre abril e junho foi de 1,727 bilhão de reais, um avanço de 18 por cento na comparação anual. O número veio acima da previsão média de 7 analistas consultados pela Reuters, de 1,501 bilhão de reais no período.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Vanessa Stelzer)

(aluisio.pereira@thomsonreuters.com; 5511 5644-7712;Reuters Messaging: aluisio.pereira.reuters.com@thomsonreuters.net))

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBBATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.