finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

BB: auto-atendimento para deficientes

O Banco do Brasil deve instalar 110 terminais de auto-atendimento, adaptados a clientes portadores de necessidades especiais, até abril deste ano. A iniciativa pretende eliminar a barreira arquitetônica e de comunicação, garantindo o efetivo atendimento aos portadores de deficiência. Os terminais, adaptados para cadeiras de roda, serão instalados em salas de auto-atendimento, shoppings, supermercados e aeroportos.O banco também estuda a instalação, ainda em 2001, de terminais com síntese de voz, impressora em braille, além de acesso à Internet para o deficiente visual. A Organização Mundial de Saúde estima que existam no Brasil 15 milhões de portadores de deficiência, dos quais 50% mental, 20% física, 15% auditiva, 10% múltipla e 5% visual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.