BB: Caixa quer captar R$ 250 mi do FGTS

A Caixa Econômica Federal quer captar R$ 250 milhões de recursos do FGTS com os Fundos Mútuos de Privatização (FMP) do Banco do Brasil. A Caixa anunciou ontem pouco o lançamento de produtos vinculados à venda de ações do Banco do Brasil. Segundo a instituição, o Caixa FMP -FGTS terá aplicação mínima de R$ 1,00 e máxima de até 50% do saldo atualizado do FGTS. Não há desconto, mas é preciso obedecer carência de seis meses para migração e de 12 meses para retorno ao FGTS. A carteira vai alocar de 90% a 100% dos recursos em ações do BB e até 10% em títulos públicos federais de renda fixa. Incidirá alíquota de 20% de IR sobre os rendimentos auferidos entre a data de aplicação e a data de resgate que excederem à remuneração da conta vinculada do FGTS de cada participante. Já o Caixa FIT VM BB, aplicação em dinheiro, terá valor mínimo de R$ 300,00 e máximo de R$ 100 mil por CPF/CNPJ. O desconto é de 5% e o prazo de carência, de oito meses. Caso a demanda por ações do BB supere o valor reservado para os fundos, haverá rateio proporcional entre os investidores. Isso significa que o valor efetivamente investido pode ser menor que o valor pretendido inicialmente. O investidor poderá realizar saques do FMP - FGTS BB apenas nos casos previstos pela legislação do FGTS, como aposentadoria, demissão sem justa causa, aquisição de imóvel, entre outras. Petrobrás e ValeDe acordo com a Caixa Econômica Federal, 312.194 mil trabalhadores brasileiros aplicaram até 50% do saldo de suas contas do FGTS (R$ 1,6 bilhão) na compra das ações da Petrobras. O número de trabalhadores mais do que dobrou na compra das ações da Vale, com 729.976 compradores e R$ 1 bilhão. Os fundos da Caixa Econômica Federal para aplicação de recursos do FGTS na compra de ações da Petrobras captaram R$ 801 milhões (50% do total), com 141.384 investidores. De 17 de agosto de 2000 até hoje os FMP FGTS Petrobras renderam em média 50,59%. O FGTS rendeu 12,13% no mesmo período. Os fundos da Caixa para aplicação de recursos do FGTS na compra de ações da Vale captaram, em conjunto, R$ 416 milhões. Foram 296.468 investidores. A Caixa ficou com 42% do volume de recursos do FGTS aplicados na operação. De 27 de março de 2002 até hoje, os FMP FGTS Vale renderam em média 70,63%. O FGTS rendeu 3,57% no mesmo período.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.