Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

BB começa amanhã incorporação do Banco do Piauí

O Banco do Brasil (BB) começa amanhã o processo de incorporação de mais um banco estadual, o Banco do Estado do Piauí (BEP). Há expectativa de que o negócio deve ser concluído em até um ano. Estudos preliminares do governo piauiense sinalizam que o Estado deve receber no mínimo R$ 180 milhões pela instituição. O BB não confirma o número.O processo de incorporação começa oficialmente amanhã, no Palácio do Planalto. Está marcada para o período da tarde, ainda sem horário confirmado, a cerimônia de assinatura de ato que deve contar com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do BB, Antonio de Lima Neto.Para ser incorporado, o BEP precisa ser retirado, inicialmente, do Programa Nacional de Desestatização. Depois, o BB começa os estudos sobre as condições do banco estadual. Nessa etapa, serão feitas análises do balanço e da saúde financeira da instituição. Terminados os estudos, técnicos anunciam o valor do BEP a ser considerado no negócio.Na semana passada, o governador Wellington Dias anunciou que a operação deve ser feita em duas etapas. A primeira envolve a venda da estrutura física do banco. Na outra, está exclusivamente a folha de pagamento dos servidores estaduais do Piauí. Segundo Dias, os R$ 180 milhões que devem ser recebidos pelo Estado se referem apenas à folha de pagamento. O banco estadual tem rede de 14 pontos de atendimento (agências e postos bancários) e 199 funcionários. Em 30 de junho, conforme balanço, o BEP contava com ativos totais de R$ 246,403 milhões e o lucro líquido do primeiro semestre ficou em R$ 6,452 milhões.Com o ato previsto para amanhã, o BB avança na estratégia de ganhar musculatura para concorrer com os bancos privados, que realizaram uma série de aquisições e incorporações nos últimos anos. No início de outubro, o governo federal anunciou que deu início ao processo de incorporação do Banco do Estado de Santa Catarina (Besc) ao BB. Há expectativa de que até o final do ano será a vez do Banco de Brasília (BRB) ser incorporado.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

12 de novembro de 2007 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.