coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

BB dá crédito a revendas de carro, vinculado a emprego

Banco diz que empréstimos são corrigidos pela TJLP, acrescida de 11,206% ao ano; taxa efetiva é de 1,4% ao mês

Agência Estado,

26 de fevereiro de 2009 | 11h37

O Banco do Brasil reabre nesta quinta-feira, 26, linha de crédito para veículos usados. Em nota, o BB diz que os empréstimos são corrigidos pela TJLP (taxa de juros de longo prazo), acrescida de 11,206% ao ano, o que corresponde a uma taxa efetiva de 1,4% ao mês. O prazo de pagamento pode chegar a até 24 meses, incluída carência de até cinco meses. As revendas poderão contratar operações de valor até R$ 200 mil, observando o prazo limite de 30 de dezembro de 2009.   Veja também: GM tem prejuízo de US$ 30,9 bi em 2008 Entenda o Fundo de Amparo ao Trabalhador Falta dinheiro no FAT para ampliar seguro-desemprego As medidas do emprego De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise   Por determinação do Codefat, as empresas que tomarem o empréstimo deverão firmar em contrato a manutenção dos empregos existentes à época da contratação da linha ou gerados durante a vigência do contrato, sob pena de vencimento antecipado da operação. Além disso, as empresas deverão apresentar certidões de regularidade com órgãos públicos. A expectativa da instituição é de que possam ser atendidas cerca de 3,5 mil revendas com faturamento bruto anual de até R$ 60 milhões.   O FAT Giro Setorial será direcionado nessa temporada exclusivamente às empresas de micro, pequeno e médio portes do comércio a varejo de veículos usados (automóveis, caminhonetes e utilitários). A linha de crédito foi criada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador - Codefat, órgão ligado ao Ministério do Trabalho e Emprego do Governo Federal, para suprir as necessidades de capital de giro de setores responsáveis pela geração de milhares de empregos. Os recursos são oriundos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.