Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BB e Apex firmam acordo para promoção de exportações

O presidente do Banco do Brasil, Cássio Casseb de Lima, e o diretor executivo da Agência de Promoção de Exportações (Apex), Juan Manuel Quirós, assinaram nesta segunda-feira um acordo de cooperação para apoiar as empresas exportadoras brasileiras. A cerimônia foi prestigiada pelo ministro Luiz Fernando Furlan, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), a quem a Apex é subordinada. Segundo o ministro, o acordo vai beneficiar inicialmente cerca de 2 mil empresas de pequeno e médio porte. Os principais objetivos do acordo, que é parte do Plano Estratégico do Promoção Comercial do governo, são a prospecção de novos mercados para as exportações e o aumento da participação de empresas de menor porte nas vendas externas por meio de promoção comercial.Segundo Juan Quirós, o acordo com o BB prevê um aumento das linhas de financiamento para as empresas interessadas em participar de missões e feiras no Exterior. O volume de crédito disponível, no entanto, dependerá da demanda e será definido caso a caso. A participação brasileira em feiras estrangeiras rendeu US$ 50,3 milhões em contratos fechados nos três primeiros meses do ano, além de outros US$ 256 milhões em contratos negociados.Quirós informou que a agência começa hoje a registrar as empresas interessadas a participar dos 233 eventos de promoção externa já contratados para este ano. No primeiro trimestre, a agência levou 680 empresas a eventos internacionais.O Banco do Brasil também vai auxiliar a Apex na escolha de consultorias internacionais para prospectar novos mercados para os produtos brasileiros. Entre as 37 unidades do BB no Exterior (agências e escritórios de representação comercial), 15 passarão a ter salas de negócios com funcionários especializados em operações de comércio exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.