BB estuda entrada no Novo Mercado

O novo presidente do Banco do Brasil (BB), Eduardo Augusto Guimarães, afirmou há pouco que seria bom para o banco participar do Novo Mercado de ações da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Ele ressaltou, no entanto, que não sabe se o BB, como banco público, poderia se adequar às regras do Novo Mercado. Segundo Guimarães, independentemente de o BB poder ou não assinar sua adesão ao Novo Mercado, o banco vai assumir os padrões de boa governança (veja mais informações no link abaixo) que são exigidos pelas empresas que integram o Novo Mercado da Bovespa. Ele afirmou que o governo tem a preocupação de dar boa governança às suas empresas, por acreditar que o setor público tem de dar o exemplo. Entenda o Novo MercadoO Novo Mercado é o novo sistema de negociação da Bovespa, oficialmente lançado em 11 de dezembro de 2000, no qual serão negociadas apenas ações de empresas que atendam a um conjunto de exigências que protegem os acionistas minoritários. O objetivo é atrair maior número de investidores, nacionais e internacionais, e aumentar o volume de negócios. Embora já lançado, o Novo Mercado ainda não tem data certa para começar a funcionar. A adesão das empresas é voluntária e elas precisam de um tempo para adaptar-se aos padrões exigidos. Veja mais informações nos links abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.