BB faz leilão de imóveis

O Banco do Brasil fará, nesta semana, uma rodada de leilões de imóveis. Será ofertada, entre outras, uma unidade comercial, localizada em Florianópolis (SC), com área construída de 1,1 mil m2 e avaliada em R$ 1,5 milhão. Outros 71 imóveis, localizados em São Paulo, Espirito Santo, Bahia, Sergipe, Rio Grande do Sul, Maranhão, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais e Distrito Federal, também vão a pregão em 11 concorrências e 7 leilões. Os bens oferecidos nas rodadas de negócios da semana estão avaliados em R$ 5,9 milhões.O formato dos leilões dependerá de cada leiloeiro. Alguns poderão ser conduzidos pela Internet, por fax e até por cartas. Os imóveis são classificados em A, B e C, de acordo com a liquidez. Os do tipo A têm entrada de 20% e até 120 meses para pagamento, com taxas de juros de 0,75% ao mês e correção anual de acordo com o IGPM. No primeiro ano devem ser pagos 35% do valor. Para os três tipos de imóveis, há uma taxa de 5% para o leiloeiro e de 5% de sinal para o banco (valor que será descontado da entrada) Os imóveis B têm entrada de 15% e até 120 meses para pagamento, com juros de 0,75% ao mês mais correção anual pelo IGPM. No primeiro ano deve ser pago 25% do valor do imóvel. Para os do tipo C, a entrada é de 5% e o pagamento, em até 120 meses. Os juros são de 20% ao mês, mais correção anual pelo IGPM. No primeiro ano, devem ser pagos 15% do valor. Mais informações no site do banco (ver link abaixo).

Agencia Estado,

20 de maio de 2002 | 15h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.