BB lança novos fundos de investimento

Com o objetivo de expandir a sua base de investidores, o Banco do Brasil vai reestruturar seus fundos para pessoas físicas, empresas e governo. A previsão do lançamento é para a primeira quinzena de setembro. Ainda faltam definir os nomes dos fundos, taxas de administração e data de lançamento. Os valores das aplicações mínimas já foram estabelecidos para pessoa física.Segundo o gerente da divisão de captação do Banco do Brasil, Reginaldo Ligeiro, o objetivo do banco é atender às expectativas do cliente, oferecendo produtos direcionados para todos os perfis de investidores. Para isso, foi realizada uma pesquisa a fim de se conhecer as necessidades dos clientes. "Carteira com papéis que atendam às necessidades, facilidade de movimentação e comodidade com os canais automáticos ou pela Internet são os principais pontos averiguados na pesquisa, afirma Ligeiro.Os nomes dos fundos ainda não foram definidos, bem como as taxas de administração. Os nomes a serem escolhidos terão a finalidade de atrair os clientes utilizando-se de publicidade na televisão, jornais e revistas. "Os nomes dos fundos servirão para chamar atenção e facilitar a identificação por parte do investidor", diz.Com relação às taxas de administração, o gerente diz que "elas estarão de acordo com a média praticada por outros bancos".Valores mínimos de aplicação e criação de quatro novos fundosOs fundos do Banco do Brasil terão valores mínimos de aplicação para pequenos e grandes investidores que vão desde R$ 50,00 a R$ 300.000,00. As aplicações mínimas dos fundos já existentes são a partir de R$ 50,00, dependendo do fundo. O banco criará, ainda, quatro novos fundos de renda fixa. Na faixa dos R$ 25.000,00 serão criados dois novos fundos: um prefixado e um DI; na faixa dos R$ 50.000,00, um fundo multicarteira. Já para o valor de 300.000,00, será criado mais um fundo DI. Consultoria pela InternetEstá sendo planejado e estudado pelo banco uma central de atendimento e orientação ao investidor com as melhores informações aos seus clientes investidores. "O objetivo é oferecer orientações de maior rentabilidade com menores chances de risco, pois investidores conservadores querem segurança".Veja link abaixo para saber mais a respeito dos fundos de investimento, com relação a prazo de resgate, tributação, taxas de administração e riscos do investimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.