BB pagará R$ 195 milhões em dividendos ao Tesouro

O Banco do Brasil (BB) pagará R$ 195 milhões de dividendos sobre o seu resultado do segundo semestre de 2002 ao Tesouro Nacional no próximo dia 22. Os demais acionistas receberão cerca de R$ 77,1 milhões em dividendos. O volume total de dividendos pagos pelo BB no ano passado cresceu 118,4% em relação a 2001 e ficou em R$ 579,5 milhões.O lucro de R$ 2,028 bilhões obtido pelo Banco do Brasil em 2002 foi causado, em sua maior parte, pelos ganhos obtidos com a intermediação financeira e serviços e o controle de gastos com pessoal. O ganho com intermediação financeira aumentou 65,8% e foi a R$ 8,071 bilhões no ano passado, enquanto as receitas de prestação de serviços subiu 18,5% dos R$ 3,760 bilhões de 2001 para R$ 4,454 bilhões. As despesas com pessoal, por sua vez, ficaram praticamente estáveis, com uma redução de 0,5%. Com a variação, essas despesas caíram de R$ 5,575 bilhões para R$ 5,548 bilhões.O volume de créditos tributários do BB caiu no passado em relação a 2001 de R$ 12,2 bilhões para R$ 11,8 bilhões. O resultado do banco antes da tributação sobre o lucro foi R$ 3,361 bilhões. O valor é 132,5% maior que o resultado de R$ 1,449 bilhão de 2001. Com a baixa no crédito tributário, o resultado do ano passado caiu para R$ 2,028 bilhões, ainda um dos maiores da história recente do banco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.