Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BB quer fatia maior em empresas parceiras na área de seguros

Aumento de participação seria mais uma etapa do processo de reestruturação na área de seguros do banco

Ana Paula Ribeiro, da Agência Estado,

06 de outubro de 2009 | 15h45

O presidente do Banco do Brasil (BB), Aldemir Bendine, afirmou nesta terça-feira, 6, que a instituição pretende aumentar a participação que possui nas empresas de capitalização (Brasilcap), previdência (Brasilprev) e seguro saúde (Brasilsaúde). Essa elevação seria mais uma etapa do processo de reestruturação na área de seguros do conglomerado financeiro. "Faremos novos movimentos na área de seguros que incluirão essas áreas", disse.

 

Veja também:

linkBB lança ofensiva para ser líder no segmento de seguros 

 

Na Brasilcap, o BB possui 49,99% do capital da empresa. Os demais parceiros são a Sulamérica (com participação de 16,67%), o grupo Icatu (16,67%), Aliança da Bahia (15,80%) e os minoritários, com apenas 0,09% do negócio. Na Brasilprev, o banco federal detém participação de 49,99%, a Principal tem uma fatia de 46,01% e o Sebrae, 4%. No caso da Brasilsaúde, a parceira é a Sulamérica, com 50,05% do negócio.

 

Segundo Bendine, o BB não quer mais que as empresas parceiras na área de seguros sejam concorrentes indiretas do banco, como acontece hoje. "Não queremos mais competição entre sócios. Nada impede que uma parceria tenha continuidade, desde que prevaleça uma única plataforma de vendas", disse.

 

O grupo segurador do BB é formado por seis empresas, sendo que em cinco há parcerias com outras companhias. Para facilitar o gerenciamento dessa área, foi anunciada hoje uma reorganização societária, com a criação de duas subsidiárias integrais, a BB Seguros Participações (BB Seguros) e a BB Aliança Participações (BB Aliança).

 

A BB Seguros irá deter as participações na Brasilprev, Brasilveículos, Brasilcap e Brasilsaúde, que antes pertenciam ao BB Banco de Investimento. É também a BB Seguros que formará uma "joint venture" com a Mapfre para o desenvolvimento e venda de seguros de vida, ramos elementares (residencial), prestamista e de veículos. "Esse novo grupo segurador terá exclusividade de venda no balcão do BB", disse Bendine. A participação acionária de cada sócio não está definida, mas o banco federal deverá ser minoritário.

 

Para que essa exclusividade de fato ocorra, o BB irá comprar a participação de 30% que a Sulamérica detém no capital da Brasilveículos. O valor do negócio está em discussão pelas duas empresas.

 

Já a participação de 100% na Aliança do Brasil será detida pela nova subsidiária BB Aliança. De acordo com Bendine, isso foi feito porque a empresa precisa ser reorganizada e alguns produtos por ela distribuídos podem ser absorvidos por outras áreas. A Aliança é responsável pelos seguros de vida, prestamistas e de ramos elementares, como seguro patrimonial e residencial. Após reestruturação nessa empresa, ela também passar a integrar a subsidiária BB Seguros.

 

A sexta empresa da área de seguros que possui participação do BB, de 49%, é a Mapfre Nossa Caixa. O grupo espanhol detém os outros 51%. A continuidade dessa "joint venture" e as participações de cada sócio ainda não foram discutidas.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco do Brasilseguros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.