BB reduz juro de algumas linhas de crédito

Na esteira do Comitê de Política de Monetária (Copom), o Banco do Brasil (BB) anunciou a redução dos juros de algumas das suas principais linhas de crédito. A taxa máxima de juros do cheque especial e do cartão de crédito foi cortada de 7,95% para 7,90% ao mês e a mínima passou de 2,45% para 2,30% ao mês. O BB também cortou os juros do Crédito Direto ao Consumidor (CDC) de 4,60% para 4,50% ao mês. Nos empréstimos às empresas, a taxa máxima de juros do crédito para a formação de capital de giro foi reduzida de 2,70% para 2,64% ao mês e a mínima foi mantida em 2,57% ao mês. No cheque especial para empresas, a taxa máxima foi cortada de 7,79% para 7,73% ao mês e a mínima variou de 5,23% para 5,17% ao mês. As novas taxas estarão inteiramente disponíveis aos clientes a partir da próxima Segunda-feira. A Caixa Econômica Federal (CEF), por sua vez, informou que pretende anunciar ainda nesta semana uma redução de juros dos empréstimos às pessoas jurídicas.

Agencia Estado,

19 Abril 2006 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.