Paulo Victor/ Estadão
Paulo Victor/ Estadão

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BB Seguridade propõe reduzir capital social em R$ 2,7 bilhões e restituir valor a acionistas

Investidores devem receber R$ 1,35 por ação; operação pode render R$ 1,6 bilhão ao Banco do Brasil, sócio do BB Seguridade

Ana Luiza de Carvalho, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2019 | 09h45

A BB Seguridade, braço de seguros e previdência do Banco do Brasil, pretende reduzir seu capital social em R$ 2,7 bilhões por meio de restituição a parte dos acionistas da empresa. As informações foram divulgadas aos investidores na última quarta-feira, 25, após uma reunião do Conselho de Administração da empresa.

 

Se o plano de redução de capital for aprovado, entra em vigor em até 60 dias. Informações como montante a ser restituído e datas de pagamento serão divulgadas na ocasião.  

Cada investidor receberá por volta de R$ 1,35 por ação se o plano da empresa for aprovado, sem cancelamento de ações. O valor, porém, ainda pode ser ajustado até a data de efetivação da medida, dependendo da quantidade de papéis em circulação.

O BB Seguridade afirmou, por meio de nota, que a medida reflete “o comprometimento da Companhia com a gestão eficiente do seu capital”.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.