BB só deve avaliar redução de juros na próxima semana

O Banco do Brasil (BB) só deve anunciar alguma decisão sobre juros na próxima semana. A instituição informou que avaliará os impactos da queda do compulsório na reunião da diretoria que acontece na semana que vem. O BB destacou que já trabalha com taxas inferiores às do sistema, devido a reduções anteriores dos juros. No cheque especial, por exemplo, o juro máximo cobrado pelo banco é de 8,70% e o mínimo, de 2,65% ao mês. Acompanhando a queda hoje do recolhimento compulsório sobre depósitos à vista ? parcela de recursos que os bancos devem recolher ao Banco Central ?, de 60% para 45%, Itaú e Bradesco já anunciaram diminuição dos juros. As novas taxas dos dois bancos entram em vigor na segunda-feira. O Unibanco ainda não se manifestou sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.