BC: ABN Amro Real lidera reclamações pelo 3º mês

O ABN Amro Real liderou pelo terceiro mês consecutivo o ranking de reclamações divulgado mensalmente pelo Banco Central. Conforme o levantamento do BC, a instituição teve índice de reclamação de 3,60. Neste número, também estão as queixas contra o Sudameris, incorporado pelo ABN. O segundo lugar é ocupado pela Caixa Econômica Federal, com índice de 2,34. O ABN Amro Real, procurado pela reportagem, ainda não comentou os números.Em seguida, aparecem Unibanco (2,30), Nossa Caixa (2,27) e Santander (1,75). Segundo o critério adotado pelo BC, o ranking é feito por um índice gerado pelo resultado da divisão do número de reclamações consideradas procedentes pelo universo total de clientes da instituição financeira.No ranking do BC, o ABN Amro Real lidera há três meses, desde outubro. Coincidentemente, outubro é o mês em que o espanhol Santander anunciou a compra do controle acionário da operação do banco holandês no Brasil. Antes dessa notícia, o ABN só aparecia eventualmente no ranking dos cinco mais reclamados.Em novembro, o ABN foi líder, com índice 6,69, ante o segundo lugar do Santander, com 4,89. Em outubro, a liderança do ABN foi ainda mais ampla, com 11,02 ante 4,74 do Santander, que ficou com o posto seguinte do ranking. Em setembro e agosto, antes, portanto, da compra do Santander, o ABN não foi um dos cinco mais reclamados. Em julho, havia sido o terceiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.