Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BC agirá contra crise externa se necessário, diz Meirelles

O presidente do Banco Central,Henrique Meirelles, reiterou nesta segunda-feira que o Brasilnão passará imune à crise hipotecária norte-americana, masressaltou que o país está bem preparado para atravessá-la e quea autoridade tomará medidas se necessário. "Que ninguém tenha ilusão de que o Brasil ficará totalmenteimune à crise externa... o mundo é globalizado", disseMeirelles durante evento em São Paulo. "Hoje estamos melhor preparados, já que o crescimento éimpulsionado pela demanda interna", acrescentou ele, citandoainda o sólido balanço de pagamentos, o elevado nível dereservas internacionais e a inflação dentro da meta como pontosque fortalecem o Brasil. Meirelles afirmou novamente que o BC pode tomar medidas seavaliar que a crise pode impactar mais significativamente oBrasil. O presidente do BC citou como exemplo duas medidas que ainstituição já tomou desde o inicio da crise externa: normas delimitação de exposição das instituições financeiras ao mercadocambial, no ano passado e, mais recentemente, normas de balançopara dar mais transparência à operações de securitização. "O BC está atento aos acontecimentos internos e externos epoderá tomar medidas prudenciais (se necessário)", concluiuMeirelles. (Reportagem de Vanessa Stelzer; edição de Cláudia Pires)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.