Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

BC americano decide manter o juro inalterado perto de zero

Fed disse que vai desacelerar gradualmente seu plano de comprar até US$ 300 bilhões em títulos do Tesouro

Regina Cardeal, da Agência Estado,

12 de agosto de 2009 | 15h23

O Federal Reserve (Fed, banco central americano) manteve a taxa básica de juro no país perto de zero, mas sugeriu que a economia americana está mais estável, em mais uma confirmação de que a recessão severa já passou ou será superada em breve. A autoridade monetária disse que vai desacelerar gradualmente seu plano de comprar até US$ 300 bilhões em títulos do Tesouro (Treasuries) para fazer uma transição tranquila nestes mercados. Esperava-se amplamente que o programa de resgate não convencional terminaria em setembro, como estava previsto. Mas o Fed informou que planeja continuar as compras até outubro.

 

Veja também:

especialESPECIAL: Dólar, o fim de uma era?

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

"O comitê decidiu desacelerar gradualmente o ritmo destas transações e antecipa que o montante total será comprado até o fim de outubro", diz o comunicado do Fed, emitido após a reunião do comitê de política monetária, nesta tarde. Em outro sinal de que o Fed continua cético sobre a força da recuperação, o banco central não deu indicação de que esteja contemplando alta no juro.

O Fed votou por 10 a zero para manter a meta dos Fed Funds para os empréstimos interbancários no recorde de baixa, a faixa de zero a 0,25% ao ano. O banco central dos EUA também reiterou seu compromisso de manter as taxas baixas por algum tempo. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.