Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

BC anuncia leilões de R$ 3,2 bi para conter alta do dólar

Intervenções no mercado de câmbio tentam reverter valorização da moeda que foi de 8,28% na semana

Da redação,

21 de novembro de 2008 | 20h25

O Banco Central anunciou, no início da noite desta sexta-feira, 21, que vai fazer duas intervenções no mercado de câmbio, na próxima segunda-feira no valor aproximado de US$ 3,2 bilhões, em mais uma tentativa de segurar a cotação da moeda norte-americana, que fechou hoje valendo R$ 2,458, com valorização de 2,84% no dia e 8,28% na semana.Em um leilão, entre 12h45 e 13h, o BC vai tentar injetar a dose diária de cerca de US$ 500 milhões em contratos de swap cambial, com vencimento em fevereiro do ano que vem. Por essa modalidade, o BC troca o rendimento em juros pela oscilação do dólar: se a moeda norte-americana subir mais que os juros acordados no leilão, o mercado ganha; caso contrário, quem ganha é o BC.Em outra operação simultânea, entre 12h30 e 13h, o BC vai oferecer 55,5 mil contratos, no valor de US$ 2,7 bilhões, com vencimento previsto para o dia 1º de dezembro, segundo informou a Agência Brasil.. A autoridade monetária vai tentar, pela terceira vez, rolar o vencimento para novas datas: em janeiro, abril e julho de 2009 e janeiro de 2010.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco Centralleilõesdólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.