BC britânico mantém taxa de juros em mínima recorde para consolidar crescimento

O banco central britânico manteve seu plano de levar a economia de volta à força total mantendo a taxa de juros em mínima recorde nesta quinta-feira, apesar do forte crescimento e preços imobiliários subindo rapidamente.

Reuters

05 de junho de 2014 | 08h12

Como era amplamente esperando, o Comitê de Política Monetária do BC britânico deixou sua taxa de juros referencial em 0,5 por cento, o mesmo nível desde o pior da crise financeira, há mais de cinco anos.

O comitê não fez declarações. Os detalhes de como seus nove membros votaram serão divulgados em cerca de duas semanas.

(Por William Schomberg)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBOETAXAJUROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.