BC britânico não chegou perto de elevar juro, diz ata

O Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra não chegou nem perto de elevar a taxa de juro na reunião deste mês, em meio a preocupações sobre a força da economia, que contrabalançaram os riscos inflacionários, mostrou a ata da reunião.

REUTERS

20 de abril de 2011 | 15h01

O BC manteve a divisão de 6 votos a 3 em favor da manutenção do juro em 0,5 por cento, segundo a ata do encontro de 6 e 7 de abril, divulgada nesta quarta-feira, dizendo que as perspectivas inflacionárias não mudaram o suficiente para alterar a visão do banco.

Embora o BC tenha notado que o ritmo da inflação no curto prazo pode ser maior que a previsão feita em fevereiro, a extensão da recuperação econômica da desaceleração do fim do ano ainda é incerta.

A ata retirou uma frase usada em março que dizia que os que votaram por estabilidade haviam considerado que a possibilidade de uma alta de juro teria aumentado.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBOEATA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.