coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

BC britânico reduz juro para novo recorde de baixa

Taxa vai a 1% ao ano, com o objetivo incentivar gastos e ajudar a economia britânica a sair da recessão

Sumeet Desai, da Reuters,

05 de fevereiro de 2009 | 10h20

O Banco da Inglaterra cortou a taxa básica de juro em mais 50 pontos-base nesta quinta-feira, 5, jogando a taxa para novo patamar recorde de baixa de 1%, com o objetivo de ajudar a economia britânica a sair da recessão por meio da retomada dos gastos de consumidores e empresas.   Veja também: De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise   A decisão do banco central britânico, que era amplamente esperada, representou o quinto corte mensal consecutivo da taxa, que acumula neste período uma redução de 4 pontos percentuais. Os cortes foram feitos em resposta aos efeitos da crise de crédito global, que se arrasta por 18 meses, sobre a economia britânica.   O BC britânico destacou que embora muitas medidas de estímulo para a economia já tenham sido tomadas - desde cortes do juro a desvalorização acentuada da libra esterlina e dos preços das commodities e grandes injeções fiscais - ainda existe um grande risco da inflação ficar abaixo da meta de 2%.   Novas pistas sobre a próxima direção da política monetária serão conhecidas na próxima semana, quando o banco divulgará seu relatório de inflação.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraReino UnidoJuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.